HOME / BIBLIOTECA / O ARCANO 6 DO TAROT

O ARCANO 6 do tarot

Esta obra foi retirada do livro do VM SAMAEL AUN WEOR intitulado: Tarot Y Cabala, na seção da Iniciação através dos arcanos do Tarot. O texto original está em espanhol disponível em nossa biblioteca, mas traduzida e disponibilizada pelo fórum do site gnosisonline.org.

O Arcano 6 é o “arcano do bodhissatwa”, o neófito quando atinge a quinta iniciação dos mistérios maiores deve trabalhar sobre este arcano.
Durante o Caminho, o neófito estará sempre entre escolhas. Será assim até o final do percurso. Escolher entre uma vida reta e mundana não é nada fácil. É a indecisão.

O arcano 6 nos remete ao dharma, ao nirvana, ao enamorado. Namorar sua própria alma. O amor inefável entre a alma humana, o corpo causal, e a alma espiritual, ou corpo búdhico. É o mistério das almas gêmeas.

O bodhissatwa caído sofre o indizível com este arcano. Este lembra a obediência ao Pai que está em segredo. Todo aquele que desobedece cai em tentação.
A queda em tentação é um dos mistérios deste arcano. Sentir-se tentado, atraído pelo diabo, encontrar o Caminho e ter de optar entre seguí-lo ou abandoná-lo. Entre o ter e o dever. Entre o Ser o e o não Ser da filosofia.

O caminho da Iniciação é o sábio viver. Muitas vezes o Iniciado precisa pedir autorização ao Pai e à Lei para experimentar algo que ele necessita para aumentar sua compreensão. É necessário ser obediente. A todo obediente à vitória. Os indisciplinados, os fanáticos, os mitômanos, os mentirosos, os adúlteros e os fornicários, jamais suportariam as ordálias.

Todo aquele que queira avançar no Trabalho Esotérico deve vivenciar cada um dos arcanos maiores do tarot. Aqui já não conta o intelectualismo, onde aquele que mais sabe de cor é o mais preparado. Ao contrário, o mais preparado é aquele que nunca ostenta seus títulos, seus graus e sua sabedoria.

Paz Inverencial.


O Arcano 6

O arcano nº 6 está expresso pelo Selo de Salomão. A Estrela de Belém é o Selo de Salomão. As seis pontas da estrela são masculinas. As seis entradas profundas que se formam entre uma ponta e outra são femininas. Neles estão resumidos e sintetizados os mistérios do Arcano A.Z.F. (a Magia Sexual).

O Selo de Salomão, a estrela de Natal, é o símbolo perfeito do Sol Central (o Cristo Cósmico, a unidade múltipla perfeita). Jamais pode nascer o menino Deus no coração do homem sem o resplendor e a vida da brilhante Estrela de Natal. Temos que trabalhar com o Arcano A.Z.F. para podermos encarná-lo.

No Selo de Salomão, encontram-se resumidas todas as medidas Zodiacais, os 12 raios da brilhante estrela cristalizam, mediante a Alquimia, nas 12 constelações Zodiacais. No Selo de Salomão se encontram escritas as íntimas relações que existem entre o zodíaco e o invencível Sol Central. O Gênesis sexual do Zodíaco está representado pelo Selo de Salomão. O V.M. da Luz Hilarius IX, falando da brilhante estrela, disse: “É a forma básica de todas as cristalizações e o modelo esquemático de todas as florações.”

“Seus dois triângulos que juntam ou separam o amor, são as lançadeiras com que se tece ou destece o mistério inefável da vida eterna.” “Acima, a Santíssima Eternidade que atua como o Pai, O Filho e o Espírito Santo. Abaixo sua contraparte com o poder que governa, o poder que libera e o poder que executa.” “EU SOU a Estrela resplandecente da manhã”, exclama João, o Bem amado do Cristo, ao receber de suas próprias mãos a Iniciação Venusta.

“E assim, cada vez que o eterno geômetra fixa sua atenção em seu ponto do espaço, ao ponto surge a gloriosa estrela anunciando o nascimento de um novo estado de consciência, o Arquétipo de um Ser, um globo, um astro, um Sol.” (Quarta mensagem do Avatara Ashirama)

No Selo de Salomão, o triângulo superior representa a tríada imortal eterna. O triângulo inferior representa os três traidores que estão dentro de nós mesmos:

1. O demônio do desejo;
2. O demônio da mente;
3. O demônio da má vontade.

Eles são os três maus amigos de Jô. Os três assassinos de Hiram Habiff:

- Judas, Caifás, Pilatos: Simbologia Cristã
- Apopi, Hai, Nebt: Simbologia Egípcia
- Sebal, Orteluk, Stokin: Simbologia Maçônica

Estres três traidores vivem na mente, estão dentro de nós mesmos. Lembremos que Dante representou Lúcifer no centro da Terra com três bocas e em cada uma de suas bocas há um traidor.

A Bíblia cita a estes três traidores no apocalipse de São João, 16:13-14 “E vi sair de dentro da boca do Dragão e da boca da Besta e da boca do Falso Profeta três espíritos imundos parecidos com rãs”.

Estes três espíritos semelhantes a rãs são os traidores que traem o Cristo Interno de momento em momento, e constituem o fundamento do Ego, o Eu psicológico, o Satã que deve ser dissolvido para encarnar o Cristo Interno.

No centro dos dois triângulos do Selo de Salomão encontra-se a Cruz TAO ou o símbolo do Infinito. Ambos os símbolos são Fálicos (sexuais). A Alma encontra-se entre os dois triângulos e têm de decidir-se por um ou pelo outro caminho, o da Luz ou o das Trevas e o problema é absolutamente sexual.

A chave encontra-se na Serpente Sagrada, o Galo que representa o I.A.O., o Verbo, a Palavra. Existe a serpente tentadora do Éden, é a serpente das trevas que forma essa cauda horrível de Satã; e existe a serpente de cobre de Moisés entrelaçada no TAO, ou seja, no Lingam Sexual, era a a que curava aos israelitas no deserto. A serpente dorme enroscada três vezes e meia na Igreja de Éfeso, a serpente deve sair de sua Igreja no Chakra Muladhara e ascender pelo canal medular para converter-nos em Anjos; se ela desce até os infernos atômicos do homem, então nos convertemos em demônios. Agora compreendemos porque a serpente do Caduceu é sempre dupla.

Quando o estudante derrama o sêmen durante suas práticas com o Arcano A.Z.F., comete o crime dos Nicolaítas que trabalham com o Maithuna na nona esfera, porém derramam o sêmen, eles usam o sistema para baixar a serpente, precipitando-se aos infernos atômicos formando a cauda de Satã. Assim é como o homem se converte em Demônio.

Lembro de Krum Heller, que ensinou o Tantrismo Branco, porém seu filho ensinou o negro, práticas do Maithuna com derramamento do licor seminal, este se deixou fascinar por essa doutrina e se converteu em um demônio, com cauda e chifres na testa. Foram muitos os estudantes que se desviaram pelo filho de Krum Heller; foi um equivocado sincero que se foi daqui para dizer que a Grande Lei o expulsou.

As Bodas Alquímicas significam o Matrimônio perfeito. O Alquimista não só deve matar o desejo, senão até a sombra da horrível árvore do desejo. De nada servirá renunciar ao sexo, sem antes trabalhar e fabricar os Corpos Solares e chegar ao Segundo Nascimento, então sim se renuncia. Há que se trabalhar primeiro com o Terceiro Logos, a terrível forja dos Ciclopes, depois trabalhar com o Segundo Logos, Hercúles, e posteriormente com o Primeiro Logos. O erro dos monges e monjas é renunciar o sexo sem ter fabricado os Corpos solares; encontram-se no limbo, vestidos com farrapos, há que vestir-se com o Traje de Bodas para poder entrar no reino dos céus.

Nos mistérios de Elêusis, os casais dançavam para magnetizar-se mutuamente. Há que imitar em tudo a Natureza, ou seja, há que transmutar a energia.

No Templo da Esfinge, estuda-se o Livro das Leis da Natureza, vindo depois de uma prova chamada de santuário e, ao passá-la, é dado ao estudante um anel com o Selo de Salomão (que não se deve tocar com a mão esquerda) e o qual brilha com grande força nos mundos internos.

Nos trabalhos de Alta Magia, deve-se traçar um círculo mágico que será fechado com o Selo de Salomão.

Pode-se fazer medalhões e anéis do Selo de Salomão com os 7 metais. Deve-se utilizar o Selo de Salomão em todos os trabalhos de invocação e em práticas com os elementais. Os elementais da natureza tremem diante do Selo do Deus Vivo. O Anjo do Sexto Selo do Apocalipse está agora reencarnado em um corpo feminino (é um especialista na ciência sagrada do Jinas).

A Bíblia em Apocalipse 7:1-3, diz: “E vi outro anjo que subia do nascimento do sol, tendo o Selo do Deus Vivo (o Selo de Salomão), e acalmou com grande voz aos quatro anjos (os quatro arquivos do Karma que controlam com a lei aos quatro pontos da Terra), aos quais era permitido danificar a terra e o mar. Dizendo: não faças dano à terra e ao mar, nem às árvores, até que assinalemos aos servos de nosso Deus em suas frontes.”

Necessitou-se de um tempo para que as pessoas estudassem a Doutrina do Cristo e se definissem pelo Cristo ou por Jahvé, pela Loja Branca ou pela Loja Negra.

Os Servos de Deus já foram assinalados em suas testas. Os Servos de Satã também já foram assinalados em suas testas (a marca da Besta).

Os tempos do fim chegaram e estamos neles. Os Dez Dias já se venceram (a Roda dos Séculos, o Arcano nº 10).

Com o Selo do Deus Vivo fica classificada a humanidade. A maioria já recebeu a marca da besta em suas testas e mãos. Uns poucos receberam o sinal do Cordeiro em suas frontes.

Síntese:

- Entramos no mundo da Vontade e do Amor.
- Para entrar no anfiteatro da Ciência Cósmica, deve-se roubar o fogo do diabo.
- O Enamorado deve roubar a Luz das Trevas.
- Devemos praticar Magia Sexual intensamente com a mulher.
- Devemos reconquistar a Espada Flamígera do Éden.

SAMAEL AUN WEOR

CURSO
ALERTA
MANTRA
BIBLIOTECA
LOGOS SOLAR
PERGUNTAS E RESPOSTAS
LIVROS
CONTATO
Google
www.ocaminhodonirvana.net www.contosatlantes.com